sábado, 5 de novembro de 2011

Sensível Demais


"Sou as minhas atitudes, os meus sentimentos, as minhas ideias...
O que realmente faz valer a pena estar vivo, não há filmadora ou máquina fotográfica que registre...
Surpresas, gargalhadas, lágrimas, enfim, o que eu sinto, quem eu sou, você só vai perceber quando olhar nos meus olhos, ou melhor, além deles..."

Clarice Lispector.




Nalanda - Sensível demais 

Hoje eu tive medo
De acordar de um sonho lindo
Garantir reter guardar essa esperança
Ando em paraísos descaminhos precipícios
Ao seu lado vejo que ainda sou uma criança
Sensível demais eu sou um alguém que chora
Por qualquer lembrança de nós dois
Sensível demais você me deixou e agora
Como dominar as emoções
Quando vem á tona todo amor que esta por dentro
Chamo por teu nome em transmissão de pensamento
Longe a tua casa vejo a luz do quarto acesa
Não tem nada que não vaze que segure essa represa
Sensível demais eu sou um alguém que chora
Por qualquer lembrança de nós dois
Sensível demais você me deixou e agora
Como dominar as emoções

{lualiz}_Dom Wolfman

2 comentários:

{luah negra}_Lord Petrópolis disse...

Olá ,lualiz...
Sensível demais , é assim que estamos na maior parte do tempo ... muito linda essa letra !
Sobre o selo que vc me presenteou , eu não postei pq um eu já tinha e o outro me parece que não é pra ser repassado ... foi só por isso ,ok
Um bom finalzinho de semana pra vc e felicidades .
Beijos ,luah_LP .

khel disse...

liz!! adorei o novo layout! ficou lindo!!
Eu preciso aprender a mexer no blogspot de vez em quando é bom mudar de visual mesmo, o teu ficou mara!
bjss