domingo, 13 de maio de 2012

Infinitamente



Tens o poder de trazer ao dia

a música do meu corpo,

a música dos nossos corpos

debruçados um sobre o outro

e sobre as horas,

a cidade,

o vento.



Tens nas Tuas mãos fluidas

o poder que mal sabes,

o de alterar as marés

que me atravessam...
 
 
(Silvia Chueire)
 
lualiz 

Um comentário:

Santo Invisivel disse...

Querida, seu blog é uma delícia, e provavelmente é um reflexo seu.
Adorei as imagens, muito sugestivas e excitantes.
santoinvisivel@gmail.com
Um grande beijo!